FAJ atende pedido da Prefeitura, vagas do Prouni Municipal são remanejadas e 500 bolsas garantidas

A iniciativa do prefeito Gustavo Reis (PMDB) em procurar a direção da Faculdade de Jaguariúna (FAJ) no último dia 14, para que as vagas não preenchidas do Prouni Municipal 2017 fossem remanejadas, a fim de atender os alunos excedentes, deu resultado. Na ocasião da visita o prefeito foi acompanhado pela vice-prefeita Rita Bergamasco (PMDB).

A Prefeitura recebeu resposta positiva da direção da faculdade e as 131 vagas não preenchidas do Programa Municipal Universidade para Todos 2017 – Prouni Municipal – porque extrapolavam a quantidade disponibilizada pela faculdade, foram redistribuídas entre os candidatos que estavam na lista de espera, chegando agora ao limite máximo de 500 bolsas de estudo, conforme prevê a lei municipal sobre o assunto.

O resultado da negociação deixou o prefeito satisfeito com a possibilidade de atender os pedidos dos candidatos que não tinham sido contemplados na primeira etapa do processo seletivo. “Considero que esta foi uma vitória de grande importância para Jaguariúna, pois nosso objetivo é contemplar o maior número possível de candidatos. Então, são 500 jovens que podem começar a traçar uma nova trajetória em suas vidas, pois terão no currículo um curso de nível superior”, disse Gustavo Reis.

Para definir a distribuição das 131 vagas entre os candidatos da lista de espera do Prouni Municipal, o prefeito de Jaguariúna assinou na manhã desta sexta-feira, 17, o decreto 3.533, que traz em anexo a lista com a quantidade de vagas redistribuídas entre os 25 cursos de graduação oferecidos pela FAJ. O resultado final do processo seletivo, definido após as etapas de avaliação socioeconômica, será divulgado na edição 197 do jornal Imprensa Oficial do Município de Jaguariúna, que circulará, excepcionalmente, no sábado, 18 de março.

Reportagem: Aluízio Santana – Foto: Ivair Oliveira