PROUNI MUNICIPAL 2018 - CLIQUE E SAIBA MAIS!

Defesa Civil de Jaguariúna alerta para baixa umidade do ar e aumento de queimadas

Colocar fogo em vegetação é proibido por lei e passível de multa

Há quase dois meses sem uma gota de chuva, Jaguariúna, assim como outras cidades do estado de São Paulo, sofre com a baixa umidade relativa do ar e o aumento no número de queimadas. De acordo com a Defesa Civil de Jaguariúna, o número de focos de incêndio passou de 6,no mês de janeiro, para 110, no mês de julho. Segundo o coordenador da Defesa Civil, Wilson Santana, colocar fogo em lixo e terrenos baldios é a maior causa de incêndios.

“Como a vegetação está seca, por conta do período de estiagem, qualquer faísca se transforma em incêndio rapidamente. Por isso, é importante as pessoas se conscientizarem do perigo de colocar fogo em terrenos baldios, além de jogar bitucas de cigarro perto de vegetação seca”,afirma Santana.

O coordenador lembra ainda que provocar incêndio é crime ambiental, de acordo com o  artigo 250 do Código Penal.  “A lei diz que expor a vida ao perigo, a integridade física ou o patrimônio de outras pessoas, está passível de multa e 3 a 6 anos de prisão”, explica Santana.

Além de expor ao perigo, as queimadas pioram a qualidade do ar, que já está ruim por conta do clima seco, causando danos à saúde como problemas respiratórios e irritação dos olhos e da pele.  De acordo com Ana Ávila, meteorologista do Cepagri, Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas a Agricultura, da Unicamp, a última chuva registrada foi no dia 14 de junho e a umidade do ar chegou a 17% na última quarta-feira, dia 9, quando também foi registrado o dia mais quente do inverno, na capital paulista.

“O índice de umidade relativa do ar ideal, preconizado pela OMS,Organização Mundial da Saúde, é 60%, abaixo disso é prejudicial para a saúde”, explica Ana, que afirma que o clima pode melhorar na próxima segunda-feira, 14.

“Uma frente fria, que está vindo do Sul do país, deve conseguir ultrapassar a massa de ar seco que predomina no nosso estado e que está muito forte. Essa frente fria pode provocar chuva, mesmo que fraca e isolada, mas a umidade que ela trará já deve melhorar a umidade do ar”, explica a meteorologista.

Serviço:

Telefone do Corpo de Bombeiros: 193

Reportagem: Beatriz Casadei

Fotos: Samuel Oliveira