Espetáculo “Família Adams”, da Escola das Artes, comemora sucesso de público em Jaguariúna

Mais de seis mil pessoas prestigiaram as 10 apresentações abertas ao público e seis apresentações direcionadas às escolas municipais de “Família Adams’’, de acordo com a Secretaria de Turismo e Cultura (SETUC), responsável pela produção que teve participação direta de alunos da Escola das Artes de Jaguariúna.  O espetáculo bateu recorde em alunos envolvidos e o elenco contou com mais de 300 participantes de diversos cursos.

Participaram alunos de ballet, jazz, circo, sapateado, dança de rua, dança de salão, teatro e teatro musical, dentre outros, divididos em três elencos alternantes, além de uma superbanda formada por professores de música da Escola das Artes, que se apresentaram sob regência do maestro Rinaldo Zamai.

As apresentações marcaram as comemorações pelos 64 anos do aniversário de emancipação política e administrativa do município. Conforme a secretária de Turismo e Cultura de Jaguariúna, Maria das Graças Hansen Albaran dos Santos, o envolvimento de todos foi fundamental para o resultado do evento.

“Tivemos participantes de 5 a 80 anos, mostrando no palco o resultado de mais de quatro meses de ensaios, o que é muito positivo”, disse a secretária. Grande parte do público colaborou com a doação de 1 litro de leite, direcionado ao Fundo Social de Solidariedade de Jaguariúna.

Conforme um balanço da SETUC, foram doadas mais de duas mil caixas de leite, que serão distribuídas entre as várias instituições que prestam atendimento social no município. Com diversos cenários, coreografias envolventes e figurinos impecáveis, o espetáculo contou em ritmo de comédia dois assuntos do cotidiano: o Amor e a Morte, mostrando ainda o verdadeiro significado da palavra Família.

“A Escola das Artes promove a oportunidade e descoberta de novos talentos, proporcionando a vivência no mundo das artes. O sucesso da produção é o empenho de toda a equipe SETUC, ou seja, dos professores, o empenho dos alunos, a colaboração dos pais e também dos técnicos. A cada novo musical, tenho certeza que estou plantando várias sementinhas de esperança para uma sociedade melhor”, completa a secretária de Turismo e Cultura Maria das Graças Hansen Albaran dos Santos.

Reportagem: Aluízio Santana

Fotos: Ivair Oliveira