Falcão dá show de simpatia em coletiva e convida público de Jaguariúna para o “Jogo das Estrelas”

Jogo das Estrelas” será disputado dia 5 de junho (terça-feira), no ginásio de esportes Caio Pompeu de Toledo (Azulão), contra a equipe dos “Amigos do Kaysar”, participante do Big Brother Brasil (BBB-18).

“Quero ver todos vocês lá e espero que o público de Jaguariúna compareça, pois faremos um belo espetáculo e todos estão convidados”. A frase dita pelo ala Falcão encerrou a entrevista coletiva e o contato com o público que compareceu na tarde desta quarta-feira, 16 de abril, ao Centro de Informações Turísticas (CIT) de Jaguariúna, no Centro Cultural Zi Cavalcanti.

Estrela maior do “Jogo das Estrelas”, que será disputado dia 5 de junho (terça-feira), no ginásio de esportes Caio Pompeu de Toledo (Azulão), contra a equipe dos “Amigos do Kaysar”, participante do Big Brother Brasil (BBB-18), Falcão revelou que o evento é um projeto pessoal que está colocando em prática em parceria com a empresa SEAP Esportes, de Valinhos. Segundo ele, Jaguariúna será a segunda cidade a receber o jogo-exibição.

“Agradeço ao prefeito Gustavo Reis e ao secretário de Esportes Rafael (da Silva Blanco) pelo apoio e espero realizar aqui novos eventos, pois pretendemos trazer a Jaguariúna atletas e personalidades que são ícones em outras modalidades esportivas, como Giba e Marcelo Negrão, ambos do voleibol, por exemplo“, disse.

Sorteio

“Estou me preparando para parar de atuar profissionalmente e quero fazer jogos de exibição como esse por todo o país nos próximos dois anos, pelo menos”, revelou o atleta, que também é gestor de um clube em Sorocaba, onde mora. Falcão está prestes a completar 40 anos e revelou que completará 20 anos de Seleção Brasileira de Futsal em setembro. O craque também anunciou que um sorteio escolherá várias pessoas entre o público para participar do jogo.

“Não importa a idade e nem se a pessoa sabe ou nãos as regras do futsal. Queremos que nos ajudem a proporcionar um belo espetáculo para o público presente e vai ser assim: comprou ingresso e foi sorteado, participa do jogo”, disse o ala. Perguntado se pensa em se tornar um futuro técnico da Seleção Brasileira de Futsal, ele não descartou a ideia, mas disse que pretende começar com um cargo de dirigente esportivo, por estar mais familiarizado.

Conforme Falcão, o futsal também é um esporte muito popular entre os brasileiros, mas ainda ‘mal vendido’ e só não é um esporte olímpico porque pertence à Fifa, que não libera sua inclusão no calendário dos esportes olímpicos.

Dono de uma carreira vitoriosa, que inclui o título de melhor jogador de futebol de salão do mundo, concedido pela Fifa no ano passado, na Suíça, ele elogiou a recepção que teve em Jaguariúna. “Meu maior título é esse reconhecimento que recebo por onde passo. Aqui, por exemplo, crianças e adultos me pedindo fotos e fazendo perguntas é um incentivo que me deixa feliz e mostra que estamos no caminho certo”, finalizou o craque.

Reportagem: Aluízio Santana

Fotos: Ivair Oliveira