Falhas da gestão passada obrigam Prefeitura a devolver quase R$ 3 milhões destinados à reforma do Estádio Municipal

Contrato de verba com o Governo Federal foi fechado em 2013, mas a administração passada não cumpriu o cronograma previsto

A Prefeitura de Jaguariúna terá que devolver quase R$ 3 milhões para o Governo Federal que seriam utilizados em obras de modernização do estádio municipal da cidade. Isso porque em 2013 foi firmado um contrato com o Ministério dos Esportes para que essa intervenção acontecesse, mas a gestão municipal da época não cumpriu o cronograma determinado pelo governo federal.  O contrato previa que cerca de R$ 2.7 milhões seriam enviados pela União e o restante subsidiado pela Prefeitura.

Segundo a secretária de Administração e Finanças, Cristina Serra, o município não conseguiu cumprir com o cronograma de obras estabelecido naquele ano e por isso está sendo obrigado pelo governo federal devolver a verba.  “Lamentavelmente, a cidade perdeu importante recurso em razão da má gestão contratual e do não cumprimentodas diretrizes”, afirma.

Ainda de acordo com a secretária de Administração e Finanças, dos quase três milhões foram gastos R$ 60 mil, e a Prefeitura vai entrar com pedido na Caixa Econômica Federal, para não ter de devolver o que já foi investido.“Foram gastos R$ 60.239,32 com limpeza das arquibancadas, pintura de uma parte do muro das arquibancadas, instalação de portões de acesso ao gramado e instalação de portões pra saída de emergência. Pelo menos isso, vamos tentar não devolver”, afirma a secretária.

O contrato de modernização incluía melhorias no campo de futebol como novos acessos em bilheteria, impermeabilização, pintura da enfermaria, armários nos vestiários, estrutura metálica para proteção do público e placar eletrônico.

“Essas obras tinham como principal objetivo, oferecer segurança e acessibilidade, especialmente no que diz respeito as normas de prevenção contra incêndio e pânico com dimensionamento de lotação e saídas de emergência”, explica o secretário de Juventude, Esportes e Lazer, Rafael Blanco.

 

Reportagem: Beatriz Casadei | Foto: Ivair Oliveira