CLIQUE PARA CONFERIR! VOCÊ NÃO PODE PERDER!

Gestão eficiente do Bolsa família e Cadastro Único rende índice alto a Jaguariúna

Nota é dada conforme critérios definidos pelo Governo Federal e garante melhoria no repasse de recursos

CLIQUE PARA CONFERIR! VOCÊ NÃO PODE PERDER!

A Secretaria de Assistência Social da Prefeitura comemora o alto índice alcançado por Jaguariúna no IGD – Índice de Gestão Descentralizada – do Programa Bolsa Família (PBF) e do Cadastro Único na cidade, que recebeu índice 0,98, sendo que o índice máximo é 1. Vale ressaltar que desde o início do ano Jaguariúna vem numa crescente quanto a esse índice, aperfeiçoando e melhorando a execução do trabalho com o objetivo de alcançar o teto máximo do repasse.

De acordo com a secretária da pasta, Andréa Dias Lizun, o IGD é um indicador desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) que mostra a qualidade da gestão local desses dois programas implantados pelo Governo Federal.

“O índice varia de zero a 1, e quanto mais próximo de 1, melhor o resultado da avaliação da gestão municipal e estadual. Com esse indicador em alta, como acontece agora, Jaguariúna garante a continuidade dos repasses que recebe do Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário”, explica a secretária.

Incentivo à boa gestão

Desde sua criação, em abril de 2006, o IGD-M vem contribuindo significativamente para a melhoria da gestão municipal do Bolsa família e do Cadastro Único. O índice mede o desempenho de cada município nos aspectos relativos à atualização dos cadastros das famílias.

É importante destacar, também, que cabe ao município o acompanhamento das condições de educação e de saúde das famílias, pois são as Prefeituras as responsáveis pela aplicação dos recursos repassados pela esfera federal.

As atividades devem ser planejadas de maneira integrada e articuladas com as áreas de educação, assistência social e saúde, levando em consideração as demandas e as necessidades da gestão local do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único.

Dessa forma, o município que faz corretamente o controle social do Bolsa Família e do Cadastro Único recebe uma pontuação alta, como aconteceu com Jaguariúna.

A avalição geral do desempenho dos municípios permite, também, a definição daqueles que deverão receber, prioritariamente, o apoio técnico do Governo Federal e das coordenações estaduais, a fim de alcançarem melhores níveis de desempenho. A foto desta reportagem é da equipe que atua no atendimento aos beneficiários do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único.

Reportagem Aluízio Santana – Foto: Samuel Oliveira