Jaguariúna auxilia retomada de projeto regional voltado a crianças e adolescentes

A Secretaria de Assistência Social de Jaguariúna sediou nesta terça-feira (12/03) o 1º Encontro de 2018 para retomar as atividades do Projeto “Cuidado e Proteção: estratégias para o reordenamento da Rede de Acolhimento de Crianças e Adolescentes”.

Conforme a secretária de Assistência Social, Andréa Dias Lizun, o projeto tem metodologia participativa e conta inicialmente com a participação de Jaguariúna, Hortolândia e Piracaia, cidades que pertencem à Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (DRADS) Campinas.

Esses municípios já possuem uma rede implementada e em andamento do serviço, motivo pelo qual aceitaram participar desse projeto piloto do NECA (Associação dos Pesquisadores de Núcleos de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente).

O projeto está organizado em etapas e objetiva contemplar os municípios participantes com a revisão dos “Planos Municipais de Acolhimento”, aprovados pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para sua efetiva implementação até dezembro de 2018.

Famílias

De acordo com a proposta de retomada do projeto, cabe aos municípios planejar e realizar o reordenamento dos serviços de acolhimento existentes, promovendo a expansão qualificada de novos serviços alternativos e de cuidado para crianças e adolescentes afastados de seus pais e familiares.

As metas e estratégias devem estar baseadas no diagnóstico atualizado das demandas municipais, visando garantir o direito fundamental de crianças e adolescentes à convivência familiar e comunitária. “Temos uma experiência considerável nessa área e nos dispusemos a ajudar no que for possível, juntamente com os outros municípios parceiros”, disse a secretária Andréa Lizun.

A DRADS Campinas e os municípios de Jaguariúna, Hortolândia e Piracaia têm participado ativamente dessa etapa, composta por sete encontros com profissionais da rede municipal de proteção, defesa e controle do direito de crianças e adolescentes. No encerramento do projeto será realizado um seminário com apresentação de cada município quanto às evoluções e sistematização de materiais.

 

Reportagem: Aluízio Santana

Fotos: Ivair Oliveira