PROUNI MUNICIPAL 2018 - CLIQUE E SAIBA MAIS!

Prefeitura amplia plano de ação contra a febre amarela na zona rural

Secretaria de Saúde destaca que não há casos da doença na cidade

A Prefeitura de Jaguariúna, por meio da secretária de Saúde, Maria do Carmo Pelisão, se reuniu na manhã desta quarta-feira (20) com a diretora do Grupo de Vigilância Epidemiológica da Regional Campinas, Maria Pacola, para planejar a ampliação da ação de vacinação contra a febre amarela, na zona rural de Jaguariúna. A ação começou no último sábado (15) e vai ser ampliada gradativamente.

A meta, segundo a secretária, é imunizar toda a população da zona rural. “É importante que as pessoas mantenham a tranquilidade e saibam que não há casos confirmados da doença em Jaguariúna. Essa é uma ação preventiva para as pessoas que moram na zona rural porque o mosquito transmissor da febre amarela vive em mata”, explica Maria do Carmo.

De acordo com a diretora do Grupo de Vigilância Epidemiológica da Regional Campinas, Maria Pacola, Jaguariúna ainda não é considerada um local de risco de transmissão da doença, mas sim um local ampliado, já que está próxima a Campinas, que registrou a morte de um macaco por febre amarela e um caso de pessoa com a doença. “A ação começa na zona rural porque é onde pode haver o mosquito transmissor. Na área urbana não há registro de febre amarela desde o ano de 1937”,afirma.

Segundo a secretária municipal de Saúde, as pessoas que forem se vacinar devem levar a caderneta de vacinação. “É importante que a população saiba se ela já tomou uma dose da vacina alguma vez na vida, não é necessária uma segunda dose, de acordo com a orientação do Ministério da Saúde. A ação será ampliada gradativamente e a vacina será enviada pela Secretraria Estadual de Saúde”, explica.

Reportagem: Beatriz Casadei

Fotos: Samuel Oliveira