Prefeitura implanta piso tátil e adaptações para facilitar acessibilidade no Centro Cultural  

Administração investe em programa de acessibilidade no município e inicia por um dos locais mais conhecidos e frequentados pela população, visitantes e turistas, onde estão uma réplica da Maria Fumaça e ocorre o embarque e desembarque do passeio até Campinas.

Pessoas com necessidades especiais como deficientes visuais, cadeirantes e idosos já têm mais facilidade para acessar as instalações do Centro Cultural Zi Cavalcanti, em Jaguariúna, que oferece uma série de atividades gratuitas ao público no prédio tombado da antiga Estação Ferroviária da Companhia Mogiana, próximo ao Terminal Rodoviário, na Avenida Marginal.

O Centro Cultural é um espaço público administrado pela Prefeitura por meio da Secretaria de Turismo e Cultura (Setuc). Além das atividades culturais e de lazer, o pátio no entorno do prédio abriga a Feart (Feira de Artes e Artesanato) nos finais de semana, durante o ano todo. Investindo em acessibilidade, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Planejamento, acompanha a execução das obras de melhorias, que estão a cargo de uma empresa terceirizada.

No local foram instaladas duas versões de piso tátil no chão (de alerta e direcional), para facilitar a identificação por pessoas com deficiência visual e baixa visão. Conforme a Secretaria de Planejamento da Prefeitura, o acesso de cadeirantes e pessoas idosas também foi contemplado: a rampa no final da plataforma onde fica um vagão e a Maria Fumaça ganhou guarda-corpos, o que facilita a passagem de pessoas idosas e cadeirantes.

O que é um piso tátil 

 É o piso diferenciado com textura e cor sempre em destaque com o piso que estiver ao redor. Deve ser perceptível por pessoas com deficiência visual e baixa visão. Esse tipo de piso tátil tem a função de orientar pessoas com deficiência visual ou com baixa visão.

Pode parecer abstrato para as pessoas que enxergam, mas para o deficiente visual e a pessoa com baixa visão ele é fundamental para dar autonomia e segurança no dia a dia. Existem dois tipos de piso tátil: piso tátil de alerta e piso tátil direcional.

– Piso tátil de alerta: é conhecido popularmente como “piso de bolinha” e sua função, como o próprio nome diz, é alertar. Por isso é instalado no início e no término de escadas e rampas, em frente à porta de elevadores, em rampas de acesso às calçadas ou mesmo para alertar quanto a um obstáculo que o deficiente visual não consiga rastrear com a bengala. A cor contrastante serve para auxiliar a pessoa que tem baixa visão.

– Piso tátil direcional: serve para direcionar e orientar o trajeto em locais amplos. Exemplo: onde não tem ponto de referência que seja detectado com a bengala, o piso tátil direcional serve para indicar a direção a ser percorrida.

Detalhe: esses dois tipos de piso se enquadram na Norma de Acessibilidade NBR 9050/2004.

Fonte: Texto sobre a NBR 9050/2004 na internet.

 

 

Reportagem: Aluízio Santana

Fotos: Thiago Menezes/Setuc