CLIQUE PARA CONFERIR! VOCÊ NÃO PODE PERDER!

Prefeitura recupera 18 nascentes por meio do Programa Bacias Jaguariúna

CLIQUE PARA CONFERIR! VOCÊ NÃO PODE PERDER!

A recuperação ambiental de nascentes é um dos passos fundamentais para a melhora quantitativa e qualitativa da disponibilidade hídrica, ou seja, da manutenção das fontes naturais de água que abastecem a população de uma cidade. Afinal, sem água limpa e tratada para consumo da população, nenhum município sobrevive.

Buscando promover a recuperação das nascentes em Jaguariúna, o Departamento de Agropecuária e Meio Ambiente (DAMA), que pertence à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, elaborou um cronograma de recuperação hídrica, onde as ações de recuperação estão sendo implantadas através do Programa Bacias Jaguariúna.

Aline Granghelli Catão, diretora do Departamento do Departamento de Agropecuária e Meio Ambiente, revela que até o início de julho de 2019 foram recuperadas 18 nascentes na área rural de Jaguariúna. “Isso foi feito através do plantio de restauração, e colocamos em prática por meio do Programa Bacias Jaguariúna. Ainda esse ano vamos executar ações para recuperar mais 17 nascentes. Os projetos técnicos de restauração já estão prontos”, revela.

De acordo com a vice-prefeita e secretária do Meio Ambiente, Rita Bergamasco, o principal objetivo desse cronograma é promover a conservação e recuperação de mananciais – rios, córregos e lagoas – existentes em Jaguariúna. “Paralelo a isso, também estamos incrementando os serviços ambientais relacionados à disponibilidade hídrica e à qualidade da água”, explica a secretária.

Jaguariúna está inserida na Bacia Hidrográfica dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, mais conhecida como Bacia PCJ. Pelo território do município correm os rios Atibaia, Jaguari e Camanducaia, todos afluentes do Piracicaba, sendo que do rio Jaguari é retirada a maior parte da água para o abastecimento da cidade.

O consumo sem critérios e o cenário de uso e ocupação de áreas no município soma-se à forte pressão urbana sobre a zona rural. E com o passar do tempo, os problemas relacionados à disponibilidade de água para abastecimento não só no município, mas da região, ficam cada vez mais aparentes. Por essas e outras razões, o Programa Bacias Jaguariúna ganha cada vez mais importância para o futuro do município.

O desenvolvimento e a execução das ações desse programa são de competência da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) e contam com o apoio da Unidade Gestora do Programa (UGP), que agrega representações da SEMA e dos parceiros e apoiadores do programa, que são The Nature Conservancy (TNC), Cervejaria AMBEV, Embrapa Meio Ambiente, Agência das Bacias PCJ, Agência Nacional de Águas (ANA), Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI) e tem o apoio do Consórcio PCJ.

 

Reportagem: Aluízio Santana

Fotos: DAMA/Secretaria do Meio Ambiente de Jaguariúna