CLIQUE PARA CONFERIR!

Vacinação contra a gripe em Jaguariúna melhora após o “Dia D”, no último sábado

CLIQUE PARA CONFERIR!

O “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em Jaguariúna, realizado em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) no último sábado (12/04), melhorou o percentual de imunização da população, mas o resultado ainda é considerado baixo quanto à vacinação de crianças, principalmente. A cobertura considerada ideal pelo Ministério da Saúde é atingir 90% dos grupos prioritários.

Nesses grupos estão idosos, crianças de seis meses a menos de 5 anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto), profissionais de saúde, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas (determinadas pela Justiça). De acordo com a secretária de Saúde, Maria do Carmo de Oliveira Pelisão, de 23 de abril até esta segunda-feira, 14 de maio, foram aplicadas 6931 doses.

A distribuição entre os integrantes dos grupos prioritários ficou assim: idosos receberam 3.178 doses (cobertura de 64,1%), crianças (1088 vacinadas e cobertura de 37,26%), trabalhadores da Saúde (787 doses e cobertura de 63,6%), gestantes (225 doses e cobertura de 39%), e puérperas (mulheres até 45 dias depois do parto) com 63 vacinadas e cobertura de 66,3%.

Além dessas, também foram imunizadas 1590 pessoas que fazem parte dos grupos com comorbidades (quando a pessoa tem duas ou mais doenças simultaneamente), que não fazem parte dos grupos prioritários e, portanto, estão fora da meta de 90% definida pelo Ministério da Saúde. Juntamente com a aplicação da vacina, houve também a realização de exames de saúde bucal, como parte da Campanha de Prevenção ao Câncer de Boca (fotos na galeria).

Conforme a secretária Maria do Carmo, a vacinação contra a gripe segue até o dia 1º de junho, com atendimento em todas as UBS’s, mas com horário diferenciados. “Faço um novo alerta aos pais: é necessário levar as crianças à unidade de saúde mais próxima de suas casas, pois elas precisam ser vacinadas contra a gripe. Basta levar a carteira de vacinação e o Cartão cidadão, pois a vacina é gratuita”, lembra.

Reportagem: Aluízio Santana

Fotos: Samuel Oliveira